Bafta 2008

Foi com certa surpresas que encerrou-se a noite de premiação do Bafta esta noite. Embora a produção Desejo e Reparação tenha ganhado o prêmio de Melhor Filme (e o de Direção de Arte, no total), eu acreditava que poderia acontecer o mesmo que ocorreu com O Jardineiro Fiel: muitas indicações, mas esnobado na hora de ganhar. Embora o filme tenha levado o prêmio principal, foram Piaf – Um Hino ao Amor e Onde os Fracos Não Têm Vez os maiores vitoriosos. Prêmios de Atriz (superando a favorita Julie Christie), Trilha Sonora, Figurino e Maquiagem para o primeiro, e Direção, Ator Coadjuvante e Fotografia, para o segundo.

Daniel Day-Lewis confirmou o seu favoritismo com a vitória em Ator para Sangue Negro, e Tilda Swinton complicou de vez a corrida de Atriz Coadjuvante ao ser lembrada por Conduta de Risco (o que me alegra, já que adoro quando as competições ficam mais disputadas). O Ultimato Bourne levou os prêmios de Montagem e Som, enquanto que Ratatouille garantiu sua supremacia na categoria de Filme de Animação. Os roteiros se dividiram em Juno, como Original, e O Escafandro e a Borboleta, Adaptado. A Bússola de Ouro fecha a lista com a vitória em Efeitos Visuais.

 bafta.jpg
Daniel Day Lewis, Marion Cotillard, Javier Bardem e Tilda Swinton: vitoriosos

Clique aqui, para conferir a lista completa.

Mas só para comentar. Eu sei que sempre houve uma rixa entre o Bafta e o Oscar (e esse ano depois da greve dos roteiristas quase ameaçar a transmissão do Oscar, aumentou mais ainda), mas depois de hoje a noite está comprovado porque eles não conseguem competir igualmente. Olha esse Tapete Vermelho que vergonha! Já não bastou perderem estrelas como George Clooney, Tomy Lee Jones, Ellen Page e Philip Seymour Hoffman (que dizem ter “outras prioridades”) os outros famosos a fazerem sua aparição só decepcionaram. Keira Knightley, geralmente sempre elegante, pareceu um pouco despojada demais no figurino (faltou arrumar o cabelo). Marion Cotillard exagerou nas mangas extras. Thandie Newton errou feio na escolha do vestido, que parece engordá-la graças a esse tecido extra na barriga, somada a essa faixa rosa chamativa. Eu até poderia criticar a Eva Green fantasiada de Mortícia, mas devido ao seu único e original histórico, ela até que não estava das piores.

bafta2.jpg
Keira, Marion, Thandie e Eva: just wrong…

Anúncios

4 comentários

  1. Os resultados foram bem divididos, o que aumenta ainda mais as minhas incertezas enquanto aos possíveis vencedores do Oscar. ?Acho que Marion Cotillard leva a careca como melhor atriz por “Piaf” e Daniel Day Lewis como melhor ator por “Sangue Negro”.

    E esses figurinos das atrizes ficaram medonhos mesmo, só gostei da Eva Green.

    Abraço!

  2. Nossa, esses visuais são péssimos mesmo, mas até que a Eva Green não está tão feia dessa vez – dessas fotos que você colocou, destaco o visual de bruxa no BAFTA do ano passado e o de múmia no Oscar. No mais, destaque para as vitórias da Tilda Swinton e da Marion Cottilard, deixando a disputa do Oscar um pouco menos previsível.

    Abraço!

  3. // Eu bem que queria ver a Marion levando o Oscar, mas eu continuo apostando na Julie Christie.

    // A Eva Green sempre se veste mal. Nem parece a musa que é… Quanto a disputa do Oscar, adorei essa reviravolta. Agora pra mim qualquer uma delas têm chance (em atriz coadjuvante, claro). Como só vi as atuações de Ruby Dee e Tilda Swinton, vou deixar pra escolher a minha favorita depois (mas acho que é bom deixar a Cate Blanchett de molho por mais um tempo, isto é, sem um segundo oscar).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s