Entre a barba e a navalha (Sweeney Todd)

sweeney_todd-imagem.jpg

SWEENEY TODD    { 4estrelas.jpg }

Em grande parte de sua filmografia, Tim Burton sempre adotou uma temática mais sombria. Não acreditava que ele pudesse ir mais além, mas baseado no que Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet apresenta, posso afirmar que estava errado. A mais nova produção do cineasta é uma constante emissão de sangue e gargantas cortadas mergulhada numa escuridão profunda. Claro que isso não é um fator negativo para o filme.

 O filme tem como base a vingança de Benjamin Barker (Johnny Depp), sob o pseudômino de Sweeney Todd, ao juiz Turpin (Alan Rickman) que cobiçava a sua esposa e o manteve preso por quinze anos. Não demora muito, o dom de barbear de Sweeney começa a se espalhar por Londres, o que o leva a um assassinato que acaba gerando muitos outros.

Uma das muitas qualidades da produção se refere às atuações. Depp consegue se sair muito bem com um personagem tão unidimensional, já que a única força que movimenta o personagem é a vingança. Entretanto, o ator consegue tornar Todd completamente crível. Há uma faceta perturbada que ele consegue mostrar sem tem que recorrer ao histrionismo ou uma atuação mais exagerada (mesmo que essa cena surja uma vez ou outra, ela faz sentido devido ao andamento da história). Pelo contrário, o olhar dele diz muito mais do que ele de fato diz.

Entretanto, quem realmente impressiona é Helena Bonham Carter. Possivelmente o seu melhor trabalho, a atriz faz de Sra. Lovett uma mulher sombria, mas ao mesmo tempo repleta de afeto. A seqüência em que ela sonha com um futuro com Todd é simplesmente encantadora. Até mesmo os seus talentos vocais não decepcionam. Outros destaques são Sacha Baron Cohen, ótimo como um falso italiano, e Ed Sanders, uma revelação. Rickman e Timothy Spall estão apenas corretos. 

 O que arruína o filme é a irritante sub-trama criada para os jovens Jamie Campbell Bower e Jayme Wisener. Apesar de ambos cantarem muito bem, chega a ser um incômodo acompanhar os dois no decorrer do filme tamanha inexpressividade que ostentam. Algumas opções narrativas de Burton também são repetitivas (o constante uso dos corpos caindo do alçapão) e óbvias (como a comparação entre Johanna e um pássaro engaiolado), tornando tudo desnecessário. O roteiro também peca em alguns momentos, como o encontro entre Johanna e Todd, bastante mal explorado, e a escolha do nome Sweeney Todd, cuja origem permanece desconhecida.

 Contando com uma linda direção de arte e figurinos, Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet  pode não emplacar uma música na cabeça do espectador, mas é mais um acerto da dupla Tim Burton e Johnny Depp, ou deveria dizer “trio”, já que a presença de Helena Bonham Carter é cada vez mais constante.

sweeney_todd-ficha.jpg

0-oscar.jpg 3 INDICAÇÕES:
 – Ator (Johnny Depp)
– Direção de Arte 
– Figurino

Anúncios

6 comentários

  1. Eu me decepcionei um pouco. Esperava mais, tanto do Depp como do filme em si. Até a fotografia, que no trailer parecia espetacular não é tudo isso.

    O destaque mesmo é a Bonham-Carter, que mesmo cantando mal faz muito bem as duas faces da Mrs. Lovett. A cena que você citou, da fantasia dela, é uma das melhores do filme.

  2. // Pois é, Felipe. Eu acredito que se há alguém capaz de tirar esse prêmio das mãos de Day Lewis é Depp. Mas algo me diz que quando chegar a vez dele vai ser depois de ter levado uma penca de prêmios e com status de favorito…

    // Aqui em Brasília também é assim, Daniel. Tem alguns filmes que ficam uma semana em cartaz e depois saem do circuito. A Vida dos Outros é um exemplo. Depois disso só naqueles cinemas cults…

    // Também adorei a Bonham Carter, Felipe. Ela estava simplesmente encantadora. Adoro essa cena do sonho dela e da primeira música dela “The Worst Pies in London”

    // Não daria 5 estrelas Wally, pq a dupla jovem é irritantemente ruim e o roteiro me incomoda algumas vezes (não me surpreende ter sido o mesmo de O Aviador, filme que eu tenho sérios problemas com o roteiro esquemático)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s