Anfitrião Awards 2007 – Cena

cena.jpg

“Monólogo de Anton Ego” – Ratatouille

Embora a premissa de Ratatouille soa irreal e fantasiosa, a forma com que o filme se desenvolve é verdadeira e, apesar de não ser totalmente condizente com a realidade, e justa com o clima do filme. Um exemplo que reforça essa idéia é a cena em que o crítico gastronômico Anton Ego revela o que achou do novo cozinheiro. Em qualquer outra produção, o espectador esperaria que o crítico aprovasse a comida, os clientes não se incomodassem com o fato de um rato ser o chef do restaurante e o Gusteau’s voltasse a ter cinco estrelas. No final, quase tudo acontece como o previsto, mas a forma que acontecesse ninguém imaginava. Nesse monólogo de Peter O’Toole, o personagem diz que “o novo precisa ser admirado”. Bom, Brad Bird pode não ser um novo talento, mas não podemos deixar de admirá-lo (ainda mais depois de outra grande obra).

– Indicadas (em ordem de preferência) –

cena2.jpg

2º “Graysmith no porão de Bob Vaughn” Zodíaco
3º “Aparição do monstro” O Hospedeiro
4º “-‘Quem matou foi você, seu merda!’” Tropa de Elite
5º “Depoimento de Harper Lee” Confidencial

Anúncios

4 comentários

  1. Como não indicou a cena de Elizabeth II e o cervo do filme “A Rainha”, concordo com sua escolha e fico com o monólogo de Anton Ego, que por pouco não me leva às lágrimas, pode acreditar… Super emocionante.
    Abraço!

  2. Belas escolhas. Ainda aponto o final de Babel e a cena da discoteca, o assassinato no Lago de Zodíaco, o suicídio coletivo de Cartas de Iwo Jima, inúmeras cenas de Pecados Íntimos, o final de Conduta de Risco e o momento decisivo de O Assassinato de Jesse James. Não tive essa categoria.

  3. As três primeiras cenas dessa lista são excepcionais, as duas outras nem tanto. Essa seqüência de “Ratatouille” também foi minha preferida do ano, sendo que o momento de “Zodíaco” foi um dos mais tensos do filme – apesar de preferir a cena do segundo assassinato.

  4. // Até hoje eu não entendi o significado dessa cena, Weiner. Eu realmente fiquei me indagando o porquê dela aparecer em A Rainha… Acho que ficou meio deslocado diante todo o discurso que o filme propõe…

    // Wally, eu quase coloquei aquela cena do clube do livro de Pecados Íntimos, mas não é a mesma coisa que é no livro… O final de Conduta de Risco para mim é a pior coisa do filme, Cartas de Iwo Jima não tem muitas cenas marcantes. A cena em que Brad Pitt é assassinado em Jese James, ficou em sexto lugar. E essa do Zodíaco também é boa, mas eu prefiro aquela sequencia em que Gyllenhaal se sente ameaçado.

    // Gosto muito dessa cena em Ratatouille. Petert O’Toole esteve ótimo! Pode não ter ganho o Oscar, mas bem que podia ganhar o Annie (o Oscar dos desenhos) 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s