Quando o aluno não supera o mestre (Kung Fu Panda)

KUNG FU PANDA    { 2estrelas.jpg }

Desde Shrek, a Dreamworks tenta procurar por um filme que possa, de uma certa forma, substituir o carisma do ogro e poder garantir para a empresa mais uma franquia de sucesso. O problema é que, embora as produções seguintes tenham sido agradáveis (O Espanta Tubarões, Madagascar e Os Sem-Floresta), nenhuma delas teve o apoio de um protagonista carismático que pudesse tomar as rédeas do filme. Kung Fu Panda foi feito na medida para preencher esse requisito da empresa. No entanto, não é exatamente o esperado.

O enredo é um pouco mais do mesmo: jovem possui um sonho aparentemente impossível e quando decide realizá-lo, as pessoas ao seu redor não acreditam na sua capacidade, e para isso ele deve enfrentar uma jornada de auto-conhecimento e superação pessoal. Essa história você já ouviu várias vezes, e aqui não é diferente. É verdade que o charme dos personagens diminuem um pouco essa sinopse “reciclada”, mas em certos momentos o próprio roteiro parece não saber o que fazer para tornar um filme um pouco mais diferente. Por exemplo, na cena em que Shifu pergunta a Po, em um determinado momento do longa, porque ele desistiu de se tornar um lutador só agora e não antes. Em vez de obtermos uma expliação plausível, a resposta é bastante evasiva. Nem mesmo quando Kung Fu Panda tenta explicar seus próprios “furos”, ele tenta solucioná-los.

No final fica aquela sensação de que o longa cumpre o que promete e entretém muito bem o espectador, porém é uma diversão bastante temporária e passageira. Funciona como o ingrediente secreto do macarrão: você acha que tem algo a mais que dá aquele gostinho extra, mas depois percebe que ele é apenas igual aos outros, sem mais nada a oferecer.

Anúncios

5 comentários

  1. A animação é feita para divertir… sói que a Pixar reinventou essa histoira de apenas divertir e por isos que talvez queíramos mais do que simpels divertimento ao ver algum tipo de animação…
    Porém para a garotada (público-alvo desse tipo filme) acho que está de bom tamanho…
    Abraços, Marco!

  2. Estás bastante malvado para com os lançamentos de animação, não achas?
    Brincadeirinha…
    Parece que o fato do filme não ter superado o óbvio (que era divertir) te incomodou, hein?
    Abraço!

  3. Cara, eu até gostei de Kung Fu Panda, e olha que eu sou bastante exigente em relação a animação, porque trabalho justamente com isso. Na parte técnica ele é excepcional, coisa que Shrek não era, sei disso porque assisti ao lado de três especialistas no assunto. Só acho, como você, que o roteiro não é lá essas coisas mesmo. Os personagens secundários foram muito mal aproveitados e existem elementos muito mal encaixados no todo, por exemplo (spoiler) um certo personagem que morre de uma maneira muito estranha.

    De modo geral a comicidade do filme é física, o que agrada as crianças, mas acho que na dublagem metade da graça dos diálogos se perdeu, porque aquele Panda é o Jack Black çiteralmente.

  4. A técnica da Dreamworks vai só melhorando (mas nunca chega ao ponto que a Pixar chegou) enquanto os roteiros só vão ficando mais e mais comum. O diferencial desse Kung Fu Panda é que ele consegue divertir imensamente, ao mesmo tempo que possui um coração e apesar da história comum, consegue cativar. Shrek foi, sem dúvida, o grande filme do estúdio! Imbatível até hoje.

    4 estrelas.

    Ciao!

  5. O modo que a DreamWorks trabalha nas animações talvez seja até melho do que a Pixar, no quesito estético. A mesma produtora sempre aposta em produções de certa forma semelhantes. Querem de qualquer forma substituir o carisma do ogro verde. E o que mais me incomoda na DreamWorks é a criação de seqüências desnecessárias…

    ‘té mais Marco!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s