Meus pensamentos sobre: Globo de Ouro 2009

Daí que o Globo de Ouro aconteceu esse domingo, mas só agora que tive tempo para fazer um post comentando sobre a premiação e como ela afetará a corrida ao Oscar. Vamos começar analisando cada categoria individualmente, começando pela mais surpreendente (como sempre)

Atriz Coadjuvante!

atriz-coadjuvante– FINALLY my first one…

Eu pensei que Penélope Cruz fosse assumir a dianteira da corrida, primeiro pelo fato de ser a indicada mais “celebridade” de todas (desculpa, Kate, mas as pessoas não estão muito preocupadas com a sua vida pessoal, o que é bom) e também por ser uma estrela internacional, e afinal de contas estamos falando da Hollywood FOREIGN Press Association. Basta lembrarmos de que Babel (alardeado como um filme “universal”) ganhou o prêmio principal aqui, quando ninguém mais acreditava no filme. 

Para a minha surpresa, Kate Winslet foi a vencedora ganhando seu primeiro prêmio da noite. Sua vitória aumenta, e muito, suas chances para uma vitória no Oscar, já que a indicação é mais do que garantida. Entretanto, alguns votantes podem mudar de opinião, já que ela é praticamente a protagonista de The Reader. Não me sentia confortável com a vitória de Penélope no Oscar (ainda acho que é cedo demais para uma atriz que, até poucos anos atrás, era considerada medíocre pela crítica e mídia), e ainda não sei se eles estão dispostos a premiar uma atriz tão boa por uma das performances mais fracas de sua carreira. Prefiro apostar numa vitória de Viola Davis, mas Kate definitivamente está no páreo pela estatueta.

 Prosseguindo para a categoria de Ator Coadjuvante…

ator-coadjuvante

Surpresa nenhuma, certo? Uma pena que Heath Ledger esteja ganhando prêmio atrás de prêmio justamente agora que nunca mais participará de um filme. Nessa categoria, a surpresa ficará para descobrir quais serão os indicados, porque uma vez feito o anúncio dos indicados, é vitória garantida para Ledger. Que descanse em paz…

Indo para outra categoria, Atriz de Comédia.

atriz-comediaNuma ironia do destino, Sandra ri sarcasticamente pensando como AINDA não ganhou um Globo nessa categoria…

Não tinha muita concorrência para Sally Hawkins. Talvez Meryl pudesse surpreender com uma vitória em Mamma Mia, mas… Né? Não seria merecido mesmo. Nenhuma das outras indicadas tem chance de ser indicada (apesar de que Rebeca Hall e Frances McDormand estão em ótimas atuações), então essa vitória foi muito importante para a campanha de Hawkins ao Oscar na categoria mais concorrida de anos. Veremos como deve acontecer.

Para o anúncio de Ator em Comédia, tivemos uma participação especial:

ator-comedia11Sandra!

E um vencedor nada especial:

ator-comedia2– “Mas o que é que estou fazendo aqui?”

A vitória de Colin Farrel não significou absolutamente nada para a corrida ao Oscar. Aliás, nenhum dos indicados tem a menor chance de surgir na lista da Academia. Eu até poderia deixar essa categoria passar batido, mas Sandra apresentou, então ela merece seu devido espaço aqui no blog (talvez por isso mesmo que ela tenha sido convidada para apresentar uma categoria tão chata, melhor pensarmos assim).

 Prosseguindo para a categoria mais disputada em anos, Atriz de Drama.

atriz-drama– “É só o primeiro chegar, que os outros vêm rapidinho”…

Antes de começar a temporada de prêmios, achei que esse ano fosse a oportunidade para Meryl Streep conquistar sua terceira estatueta para que nunca mais fique ao nível de atrizes que também tem duas estatuetas (Hillary Swank, alguém?). Mas com o respeito que Anne Hathaway vem ganhando dos críticos, comecei a pensar na possibilidade deles premiarem uma jovem, bonita e queridinha da américa, assim como Resse Witherspoon conseguiu há pouco tempo. E o seu empate com Meryl no BFCA só provou isso. No entanto, a vitória de Kate aqui reabriu as discussões de que a britânica merece ganhar logo a sua estatueta (e não na categoria de Coadjuvante, como alguns tentam empurrar).

Ou seja, se essas cinco vagas já estavam muito concorridas (além de Streep, Hathaway e Winslet, temos Sally Hawkins, Angelina Jolie, Melissa Leo e Kristin Scott Thomas lutando ferozmente para serem lembradas pelos votantes), agora a previsão pela vencedora começa a complicar. Atualmente, continuo apostando em Streep, mas a segurança de antes já não é a mesma.

Mas antes, uma pausa para espreguiçar:

ator-drama– Amiga, acorda! ‘Tão nos filmando!

Lá pelo final da noite, também ficamos sabendo da vitória de Mickey Rourke, no papel de um lutador de boxe em The Wrestler, na categoria de Ator de Drama. Uma vitória surpreendente, pois acreditava que Sean Penn fosse levar por nocaute (sem trocadilhos), mas Rourke também era um candidato de peso (novamente, sem trocadilhos).

Como a lista não deve sofrer muitas modificações no Oscar, essa é a primeira disputa em que os principais concorrentes (Penn, Rourke e Brad Pitt) conc0rrem diretamente, o que dá um pouco de vantagem a Rourke por ter vencido no primeiro round (agora prometo que pararei com as piadas infames).

Sean Penn seria o vencedor claro, mas como já venceu uma vez não é um favorito claro ao prêmio. Os votantes adoram um ator que ressurge em cena, em um grande retorno, o que poderia dar vitória a Rourke, mas a imagem desgastada dele pode contar pontos contra. Correndo por fora, eu diria que Pitt tem chances, mas é provável que ele concorra como Leonardo DiCaprio: sempre na disputa, mas nunca em primeiro lugar.

filme11

Nas categorias principais, deu Vicky Cristina Barcelona como Filme de Comédia, e Slumdog Millionaire como Filme Dramático. Slumdog ainda arrebatou os prêmios de Diretor, para Danny Boyle (do maravilhoso Trainspotting), Trilha Sonora e Roteiro.

Já tinha percebido o amor que as organizações e as premiações tiveram ao premiar e/ou indicar o filme a quase todas os prêmios do Sindicato (desde Figurino a Diretor), mas não imaginei que a produção fosse levar todos os Globos de Ouro que foi indicada.

Diz aí, Salma Hayek, o que você achou da quádrupla vitória de Slumdog?

filme2

Foi o que imaginei…

Anúncios

4 comentários

  1. Danny Boile diretor de “Requiem para um sonho”??? Ops, acho que você deu uma cochilada ai (igual às amigas durante a cerimônia).

    Quem dirigiu ‘Requiem’ foi Darren Aronofsky, o mesmo de ‘The Wrestler’.

    Abraço!

  2. A Sandra Bullock ainda não ganhou um Globo de Ouro porque AINDA não mereceu, hehehehe. Mas um dia ela chega lá, com fé em Deus. E maldade sua usar essa foto da Salma Hayek, “Slumdog” mereceu as vitórias 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s