Anfitrião Awards 2008 – Som

som1

Batman – O Cavaleiro das Trevas – Gary Rizzo, Lora Hirschberg e Richard King

Durante as duas horas e meia de duração de Batman – O Cavaleiro das Trevas, pode-se ouvir os mais diversos tipos de barulhos, ruídos, explosões, batidas, entre muitos outros. As seqüências em que o Coringa explode um hospital, a perseguição entre ele e Batman, e até mesmo as rápidas edições de som dos aparelhos criado por Lucius Fox são bons exemplos do eficiente trabalho feito pelo designer de som, Richard King, e sua equipe.

– Finalistas em ordem de preferência –

som2

Speed Racer – Cory Mandel, Dane A. Davis e Rick Kline
Sangue Negro – Tom Johnson, Matthew Wood e Michael Semanick
Wall-E – Ben Burtt, Tom Myers e Michael Semanick
5º O Homem de Ferro – Christopher Boyes, Frank Eulner e Lora Hirschberg

Anúncios

4 comentários

  1. Cara, essa é uma categoria complicada, porque O Cavaleiro das Trevas é um blockbuster, então necessita do som de qualidade para suas cenas grandiosas e tal. E, nesse sentido, é perfeito.
    Mas acho que me encantam mais os trabalhos de Sangue Negro e Onde os Fracos Não Têm Vez, onde o som é quase um personagem da trama.

  2. Tivemos indicados bastante parecidos, acho que só não entrou Sangue Negro, que deu lugar à 007 – Quantum of Solace. Meu vencedor aqui foi Speed Racer (o som é uma das poucas coisas que prestam no filme).
    Ah, e Marco, deixei um selo para você lá no meu blog!
    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s