Prato principal (Soul Kitchen)

Longe do discurso político de seus filmes anteriores (Contra a Parede e Do Outro Lado), pareceu até estranho ver Fatih Akin dirigir uma comédia sobre gastronomia. A  trama sobre tolerância e a boa convivência entre imigrantes, recorrentes em sua filmografia, continua lá, mas numa dosagem bem mais aguada. Sobra espaço então para o cineasta provar seu talento ao realizar seu trabalho mais autoral repleto de situações que ocorreram em sua vida pessoal.

Akin comanda Soul Kitchen com bastante liberdade e desprendimento. Da construção de bons diálogos até a boa presença do humor pastelão, a produção pode até cair na mesmice do discurso óbvio  de filmes do gênero culinário sobre a vida cosmopolita, mas acerta ao representar essa ótima transição do diretor e ao conduzir um longa despudorado que, curiosamente, é o seu melhor trabalho.  As atuações de Adam Bosdoukos, o protagonista, e Moritz Bleibtreu, ótimo em cena, completam o filme e só me deixam com vontade de dar mais uma estrelinha.

Soul Kitchen 
Soul Kitchen, Alemanha, 2009, comédia, 99 min.
De Fatih Akin. Com Adam Bosdoukos, Moritz Bleibtreu, Birol Ünel e Anna Bederke.

Anúncios

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s