Globo de Ouro 2011 – Red Carpet

Como os posts de Red Carpet são os que mais fazem sucesso aqui no blog resolvi abrir uma exceção e falar de todos dessa temporada 2010/2011. Comecemos então com o Globo de Ouro que foi exibido nesse domingo 16. Mais tarde um post só sobre as premiações e como fica a corrida do Oscar.

Anne Hathaway (Armani Privé) acerta mais uma vez  com esse clássico de ombreiras. As costas nuas dão um toque extra para a fashionista que sempre acerta no tapete vermelho. / Não aprovo quando todas as atenções se concentram apenas numa pessoa, mas não dá para deixar de elogiar o lindo vestido de Natalie Portman (Viktor & Rolf). A rosa cravada acima da barriga  dão uma elegância a mais para a gravidez da atriz. Mais bem vestida da noite / Apesar de não achar em lugar algum o designer da roupa de Melissa Leo (duvido que seja acervo pessoal), a atriz esteve impecável com esse brilhoso. Leva o prêmio de Most Improved se lembrarmos do desastre no oscar em 2009 / Angelina Jolie (Armani Privé) finalmente aposentou o preto e surpreendeu a todos com o longo verde do ateliê Giorgio Armani. Mais uma com ombreira, será nova moda?

_

Ainda não entendi muito bem o vestido de Julianne Moore (Lanvin). O vestido entra por dentro do colar? É uma extensão da cauda? Colocaram errado no cabide e ela não soube o jeito certo de vestir? Pode ser bem diferente (e eu tendo a gostar mais quando são mais diferentes), mas pra mim não colou.  / É difícil dizer onde Sandra Bullock (Jenny Packham) errou menos. A franja é exagerada demais (e muito reminescente do início de sua carreira, quando era bem mais jovem) e o vestido sem brilho algum, apesar dos muitos cristais Swaroviski. Acredite, isso dói mais em mim do que em você, Sandra… / Halle Berry (Nina Ricci) sabe que é sexy, mas essa roupa é uma desculpa só pra mostrar as pernas dela. O que não é errado, mas não deve ficar só nisso: cortou a saia e quis que fosse transparente? Desesperado demais. / Gostei da tropicalidade do vestido da Heidi Klum (Marc Jacobs), mas aqui tá all over the place. As pulseiras étnicas pelo menos são de bom gosto.

_

Prêmio “O Mau Gosto É Tanto Que Só Posso Estar de Brincadeira”: Michelle Williams (Valentino). Uma piada que nem ela parece estar achando graça / Prêmio “Esperavam Me Ver Estranha, Mas Estranho Mesmo é Meu Filme Indicado”: Helena Bonham Carter (Vivienne Westwood). Até ela tá com vergonha ao ver Alice indicado a Melhor Filme / Prêmio “Exagerei na Sombra”: Jennifer Lopez ( Zuhair Murad). Vai apresentar American Idol ou Rupaul’s Drag Race / Prêmio “Maior Decote da Noite”: January Jones (Versace). Gostei da honestidade dela ao responder o comentário de Ryan sobre olhar apenas nos olhos: “não vesti essa roupa à toa”. 

_

Prêmio “Miss Piggy da Noite”: Christina Aguilera (Zuhair Mirad). Ainda não entendi como ela engordou tanto do lançamento de “Bionic” até agora. A separação não fez muito bem, hein / Prêmio “Ex-Vanguardista”: Tilda Swinton (Jil Sander). Pra quem costuma exagerar nas roupas, dessa vez o estranhamento foi na falta de ousadia. / Prêmio “Clone da Barbie”: Olivia Wilde (Marchesa). Só falta ser embalada. / Prêmio “Sósia da Marion Cotillard”: Mila Kunis (Vera Wang). Demorei pra reconhecer a Jackie de That’s 70 Show no tapete vermelho…

Anúncios

2 comentários

  1. Adorei, Marcolino!
    Não achei a Natalie Portman tão bem vestida assim e quanto a Helena Bonham Carter, pelo menos esboçou uma reação minha mesmo que não tenha sido boa, acho que a maioria foi muito mediana.

    E essa franja da Sandra, hein? Ela pagou por isso coitada? hahahahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s