Top 10 tentativas frustradas de vender sexo em pôsteres

Bastou apenas um robe transparente contraposto com uma luz de fundo (e os peitos da Eva Green, claro) para nascer uma das controvérsias mais sem inspiração do ano, com o suposto banimento do pôster de Sin City 2 por ser sexual demais. Honestamente, o mais surpreendente desta controvérsia toda é que ainda em 2014 um truque como esse seja o bastante para conseguir uma notinha de divulgação do filme, sendo que a própria Eva, em reportagem para a Vanity Fair, falou que a situação toda não parecia nada além de um golpe de publicidade.

A prática de sexualizar o cartaz de um filme para atrair mais público é mais velha que o tempo, e é utilizada tanto com homens quanto mulheres, embora ocorra de um jeito diferente – um homem gostosão num cartaz geralmente segura algo fálico que evoca poder, como o martelo do Thor ou a pistola do James Bond, para que o lek público médio possa chamar o cartaz de “maneiraço” sem expor seus desejos sexuais na roda.

Contudo, apesar do cartaz aqui em questão ser realmente bem sensual, a tática de vender sexo no pôster às vezes ricocheteia e o resultado final pode te deixar desconfortável, estranhamente confuso ou apenas com uma sensação cortante de vergonha alheia. Vamos ver alguns desses exemplos?

banner sexy

Um Show de Vizinha

girl_next_door

Sobre o que era o filme: Uma ex-atriz pornô se muda para a casa ao lado de um menino adolescente, mas ela nunca ligaria pra ele, não é? Ou será que talvez ela vai perceber que tudo que ela precisa é um homem normal e vai dar a chance a um garoto virgem?

Porque é uma bagunça: Espera, eles estavam tentando vender sexo nesse aqui? Esse cartaz não só é tão sexual quanto um tratamento de canal no dentista como também parece que o dinheiro da arte acabou no meio e o resultado foi deixar a Elisha Cutbert recortada na frente desse fundo branco mesmo.

Vale lembrar que esse filme estava vindo na onda de sucesso dos primeiros American Pie, e apesar de merecerem créditos por não ter nada tão desprezível quanto uma torta usada para sexo em seu cartaz, não adianta nada fazer um poster tão avulso se o público do seu filme é exatamente o mesmo. E em que diabos de estúdio pornô a Elisha trabalharia com essa cara, roupa e pose? Esse é um dos retratos menos realistas de uma trabalhadora do sexo desde que Hollywood nos convenceu de que Julia Roberts podia ser puta.

Homem de Ferro 2

iron-man-2-black-widow-poster-30-3-10-kc

Sobre o que era: Uma sequência tão ruim que por alguns instantes os engravatados da Marvel pensaram que o sonho de destruição/dominação eterna do cinema pudesse ter sido um pouco precipitado. Mas aí o filme fez um dinheirão e eles voltaram a chutar cãezinhos e jogar picolés de crianças no chão.

Porque é uma bagunça: Por você ter Scarlett Johansson, indiscutivelmente uma das mulheres mais lindas deste milênio e colocar ela numa posição e iluminação tão estranhas que mais parece aquela sua amiga da época do Orkut que faltava aula do Wizard pra ir pra lan-house jogar “pega o de cima ou arrisca o de baixo?”. É até surpreendente que um pôster duma franquia milionária consiga fazer um desserviço maior a ela do que a capa da CHIQUES E FAMOSOS:

capa_chiques-e-famosos16

Amor e Outras Drogas

Love and Other Drugs - 11.25

Sobre o que é: Metade crítica à indústria farmacêutica metade “não liga pra história não, tem Anne Hathaway e Jake Gylenhaal pelados”.

Porque é uma bagunça: Para um filme baseado tanto em produção de remédios, é engraçado como investiram em um casal com tanta falta de QUÍMICA (excelente essa). Basta olhar para este cartaz que tem duas pessoas maravilhosas nuas e consegue ser tão excitante quanto um passeio padrão pela Tok Stok antes de uma sessão de cinema começar. Eu não sei se é a expressão lokinha dos dois ou o fato deste quarto mais parecer uma biblioteca com uma cama dentro do que um ninho de amor, mas com certeza podemos concordar que ir com esta imagem aqui como material oficial de divulgação do filme faria muito mais sentido:

jake-gyllenhaal-teaserloveotherdrugs-09192010-01-580x435

 

Beowulf

beowulf09

Sobre o que era: O segundo dos três filmes de captura de movimentos do Robert Zemeckis que quase jogaram uma pá de cal em sua carreira para sempre, mesmo com todos tendo deixado claro que ninguém queria ver essas merdas de novo depois de se assustarem com a falta de vida de O Expresso Polar.

Porque é uma bagunça: Como você supera o trauma de crianças que tiveram a mente partida ao meio vendo aquele Tom Hanks digital do inferno? Prometendo que desta vez Angelina Jolie ia mostrar tudo o que só o Brad Pitt podia ver (tagline genérica de capa da playboy), mas entregando um resultado tão delusional que a única pessoa que eu imagino se empolgando com isso era aquele menino do fim da rua que sabia exatamente onde pausar o jogo pra ver as curvas da gostosa da Lara Croft .

Instinto Selvagem 2

basic_instinct_two_ver9_xlg

Sobre o que era: Continuação baratíssima que ninguém pediu e que veio 14 anos depois do original, fazendo de Sharon Stone bem mais, hum, experiente na vida.

Porque é uma bagunça: Nós entendemos que assim que a ideia dessa bagunça de filme surgiu qualquer pessoa pensou que o obrigatório era vender o filme em cima da cruzada de perna clássica. O que parecia obrigatório em teoria, no entanto, fica problemático na prática quando vemos que Sharon Stone já estava com 48 anos, e pra citar Samantha Jones de Sex and the City, “ninguém quer comer a xota da vovó”. Ou talvez se eu chegasse ao 48 anos conseguindo abrir as minhas pernas desse jeito eu também quisesse me vangloriar num cartaz de filme mesmo.

Mergulho Radical

intotheblue

Sobre o que era: Estrelado por Jessica Alba (hahahaha, uma época em que isso se referia a um filme, e não propaganda do CCAA), Mergulho Radical era uma caça ao tesouro embaixo d’agua (ah os anos 2000).

Porque é uma bagunça: O finado Paul Walker e a Jessica  estavam no auge de suas belezas e o cartaz acerta ao mostrar que sim, eles vão passar o filme todo sem camisa, mas tem que ter um jeito mais atraente de expor pessoas tão bonitas sem tingir elas de azul só pra ir de acordo com o nome do filme em inglês (Into the Blue). Isso era um filme de verão, e a pose dos dois nos cartaz faz parece que eles eram atores desinteressados em uma versão erótica dos Smurfs.

Secretária

secretary_xlg

Sobre o que era: Versão hipster mais de uma década antes de 50 Tons de Cinza

Porque é uma bagunça: Honestamente, não é. A silhueta é interessante, dá uma ideia sobre o filme e sua abordagem sexual sem ser apelativa, mas ainda assim instigando a mente em relação ao erotismo presente na própria ideia de se ter uma secretária. “Então por que este aqui está na lista?”, você deve estar se perguntando. Porque assim que você associa que essa bunda é na verdade da Maggie Gylenhaal, o mundo fica um pouco mais sem graça.

Sucker Punch

sucker_punch_xlg

Sobre o que era: Video game fetichista dirigido pelo VISIONÁRIO diretor Zack Snyder (segundo a Warner no trailer de Homem de Aço) e já guardado pra terminar a década como um dos piores filmes.

Porque é uma bagunça: Primeiro que o filme em si é tão ruim que conseguiu criar problemas pessoais pra mim com as pessoas que eu chamei pra assistir. A estética fetichista irônica (mas na verdade só fetichista mesmo) colocou todas as personagens femininas como token girls frequentadoras de encontro de cosplays, e mostra que o público alvo era realmente as 30 pessoas que assistem Play TV e roqueiros que tomam vinho em praça com o cabelo desidratadíssimo. Só que o resultado final, como vocês podem ver no pôster, é tão digital que conseguiu fazer com que uma menina de verdade parecesse a filha bastarda do Tom Hanks no já mencionado O Expresso Polar. Felizmente esse filme foi um fracasso e mostra que nem os bazingueiros abraçaram essa empreitada original do Snyder, que daqui alguns anos muito provavelmente vai fingir que esse filme nem existiu.

Eu Sei Quem Me Matou

cinema-I-Know-Who-Killed-Me

Sobre o que era: Honestamente, alguém liga? Lindsay Lohan já tinha tido dois comebacks a mais do que merecia, e esse filme teve uma recepção ruim até pro parâmetro de vida dela.

Porque é uma bagunça: “Lindsay Lohan se esfregando num pole dance” não parece um conceito, parecem palavras que eu chutaria no Mega Senha se as dicas fossem COISA IMUNDA. O título desse filme seria muito mais condizente e interessante se fosse eu sei O QUE me matou, e a provável resposta seria candidíase.

Red Sonja

red-sonja-poster-lick-full

Sobre o que é: O original foi considerado pelo próprio Schwarznegger como o pior filme que ele já fez, e esse aqui marca mais um trabalho entre Robert Rodriguez e Rose McGowan, que aparentemente tão disputando contra Kate Beckinsale e marido pelo título de contribuição conjugal mais venenosa ao cinema.

makeovers21Porque é uma bagunça: Por onde começar, né? Pela peruca que parece uma homenagem a Elina do ciclo 11 de America’s Next Top Model (foto)? Por esse sofisticado tom de pele cinza vindo direto de um dos bonecos do live action de Final Fantasy (e que já foi citando em tantos textos do Anfitrião que já está merecendo uma crítica só sua)? Ou talvez por essa sensual alusão de sexo oral que compara a faca escorrendo sangue com um… bom, não é muito difícil de imaginar, mas sangue e pênis são duas imagens que eu não quero ter na minha mente além do terço final de O Anticristo. Você tem que admirar o poder do casamento (e da flopagem da própria carreira) pra que alguém se submeta ao desejo do marido pagando esse mico para (e essa é a melhor parte) um filme que NUNCA FOI LANÇADO. Quero ver isso sendo lembrado num brinde na boda de casamento dos dois.

E vocês, conseguem se lembrar de outros cartazes que não lhes deixaram felizes em suas calças? Dividam com a gente aí na caixinha de comentários.

Anúncios

5 comentários

  1. “Lindsay Lohan se esfregando num pole dance” não parece um conceito, parecem palavras que eu chutaria no Mega Senha se as dicas fossem COISA IMUNDA.”
    morri kkkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s