Top 15 melhores do ano e alguns prêmios especiais

Como em todo final de ano, é hora de fechar 2014 com um balanço do melhor que estreou nos cinemas nos últimos doze meses. Dessa vez, estendemos a lista para os 15 melhores filmes do ano. Em compensação, em vez de já divulgar a lista das melhores produções, divulgamos do 15º até o 6º melhor filme do ano. Amanhã anunciaremos a ordem definitiva dos cinco restantes, além das outras 23 categorias do tradicional prêmios do blog, em sua nona edição, o Prêmio Anfitrião.

Lembrando que os filmes elegíveis para a seleção anual são esses aqui. A lista é composta de produções que 1) estrearam em circuito comercial, 2) foram exibidas em mostras e festivais, ou 3) foram lançadas diretamente em DVD.

Em um adendo, além das 23 principais categorias, temos cinco categorias bônus esse ano. Tudo para tentar trazer uma perspectiva diferente ao modo de ver filmes e tentar homenagear aqueles (ou os momentos) que impactaram o cinema esse ano.

Os longas escolhidos são:

15

15. O lobo atrás da porta (idem, Fernando Coimbra, Brasil, 2014)

14

14. Hoje eu quero voltar sozinho (idem, Daniel Ribeiro, Brasil, 2014)

13

13. Praia do futuro (idem, Karim Aïnouz, Brasil, 2014)

12

12. O abutre (Nightcrawler, Dan Gilroy, EUA, 2014)

11

11. Alabama Monroe (The Broken Circle Breakdown, Felix Van Groeningen, Holanda, 2012)

10

10. Violette (idem, Martin Provos, França, 2013)

09

09. Uma família em Tóquio (Tôkyô Kazoku, Japão, 2013)

08

08. Frozen – Uma aventura congelante (Frozen, Chris Buck e Jennifer Lee, EUA, 2013)

07

07. Garota exemplar (Gone girl, David Fincher, EUA, 2014)

06

06. Ela (Her, Spike Jonze, EUA, 2013)

05

(no sentido horário)

Relatos selvagens (Relatos salvajes, Damián Szifrón, Argentina, 2014)

Boyhood – Da infância à juventude (Boyhood, Richard Linklater, EUA, 2014)

Dois dias, uma noite (Deux jours, une noite, Jean Pierre e Luc Dardenne, França, 2014)

Era uma vez em Nova York (The immigrant, James Gray, EUA, 2014)

Casa grande (idem, Fellipe Barbosa, Brasil, 2013)

Agora, as categorias extras, numeradas de 1ª a 5ª, da esquerda para a direita.

extra01

extra02

extra03

extra05

Anúncios

1 comentário

  1. Não tem como não concordar com a critica sobre Malévola e ‘personagens desinteressantes’ é o que mais define o filme pra mim.
    A tagline “Evil has a beginning.” ganha um sentido dúbio depois de assistido. =P

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s